fbpx
LIGAMOS
PARA VOCÊ

FALE COM UM
CONSULTOR

FALE via
whatsapp

JÁ EStÁ INDO EMBORA?

Não achou o que procurava? Deixe-nos ajudar a encontrar o
imóvel do seu sonho.

A KATZ liga para vocÊ

Nosso consultor entrará em contato

INFORME O SEU WHATSAPP
QUE ENTRAMOS EM CONTATO

Se preferir, entre em contato direto pelo aplicativo clicando no botão abaixo:

Blog

Fique por dentro do
mercado imobiliário

Minimalismo: a exaltação ao detalhe

Menos é mais”, frase de efeito bastante conhecida pelos adeptos ao minimalismo. Nesse estilo, o protagonismo está  nos detalhes, os quais, por sua vez, não deixam de ser bem elaborados. 

A origem dessa tendência não é exata. Alguns estudiosos dizem que o minimalismo nasceu na década de 1960, tendo como palco os Estados Unidos da América. Enquanto outros atribuem seu aparecimento depois do pós-modernismo da Europa, de 1945 em diante. 

Diferentes de outros estilos, nos quais o uso de linhas, cores, materiais e decoração beiram o exagero, no minimalismo a ideia é justamente oposta. Utilizar o mínimo possível e, assim, exaltar os detalhes. 

Uma mistura de influências

Alguns especialistas da área costumam dizer que o minimalismo é o resultado da mistura de culturas distintas. Isto é, a convergência entre as culturas japonesa, escandinava, russa e do movimento construtivista, entre outros vultos culturais da europa. É comum também escutarmos que esse estilo foi influenciado, também, pelo cubismo, além do neoplasticismo. 

A distinção entre o mínimo e o excesso 

Independentemente das influências e contradições sobre sua origem e surgimento, o minimalismo vai de encontro ao costumes artísticos e românticos. Aspecto que já  é consenso entre os projetistas. 

A ideia é priorizar o uso mínimo de objetos. O que pode valorizar o espaço e seus detalhes. O excesso é considerado poluição visual, característica minimalista presente para além da arquitetura, como em áreas do design de interiores, moda e fotografia. 

O minimalismo é caracterizado pelo “clean”, o que ajuda a dar equilíbrio e harmonia nas formas, cores e texturas. 

Entre o externo e o interno minimalista

A estrutura é simples. O que não significa ausência de elegância e beleza. Para os ambientes internos, o estilo minimalista segue a mesma  proposição leve. Os móveis são dispostos de maneira que se crie espaço no ambiente para melhor circulação de seus usuários, sem perder a sensação de aconchego de casa. 

As cores, texturas e tecidos se completam e nenhum detalhe briga com o outro. É comum nesse estilo a escolha por tons marrons, nudes, pastel, metalizados. Este último como tática para se criar pontos de luz no ambiente. 

Outra característica de projetos que optam por esse estilo é o uso de materiais feito em alumínio. Ou até inox.  A escolha é proposital e agrega ao ambiente toques modernos e, em alguns casos, rendendo detalhes do estilo industrial. 

Foto: Reprodução

Os tons claros dos imóveis e objetos como sofá e cortinas criam leveza e dão ao ambiente um aspecto clean. Foto: Reprodução

 

Estruturas externas em concreto dão corpo ao estilo minimalista.

Estruturas externas em concreto dão corpo ao estilo minimalista. Foto: Reprodução

Faça você mesmo

É importante ter em mente a escolha e o uso apenas do que vai ser essencial no ambiente. O uso de enfeites é permitido, desde que tenha um propósito. São esses detalhes que podem trazer personalidade à decoração. 

Espaços minimalistas dão ênfase na iluminação. Por isso, não economize para iluminar o seu ambiente. Um bom jogo de luz pode fazer muito diferença. Opte pelas luzes de LED ou as brancas. Os spots também são uma boa escolha e deixa o espaço mais modernos. 

A cortina é transparente possibilitando a entrada de luz natural no ambiente na medida certa. As paredes, imitam o concreto. Foto: @tutuwords

0A cortina é transparente possibilitando a entrada de luz natural no ambiente na medida certa. As paredes, imitam o concreto. Foto: @tutuwords

Se for começar um projeto do zero em sua casa, priorize a iluminação natural. Além disso, evite cobrir as janelas. Se fizer isso, escolha tecidos finos, quase transparentes. 

Agora que você sabe mais sobre o estilo minimalista, assine a nossa News e fique por dentro de assuntos diversos, mas sempre objetivos. 

assine nossa newsletter

Receba antecipadamente oportunidades e lançamentos.