LIGAMOS
PARA VOCÊ

FALE COM UM
CONSULTOR

FALE via
whatsapp

JÁ EStÁ INDO EMBORA?

Não achou o que procurava? Deixe-nos ajudar a encontrar o
imóvel do seu sonho.

A KATZ liga para vocÊ

Nosso consultor entrará em contato

INFORME O SEU WHATSAPP
QUE ENTRAMOS EM CONTATO

Se preferir, entre em contato direto pelo aplicativo clicando no botão abaixo:

Blog

Fique por dentro do
mercado imobiliário

Arquitetura high tech: conheça 4 exemplos

A simples menção à arquitetura high tech parece ter o poder de levar a imaginação das pessoas à Dubai em apenas alguns instantes. Tudo bem, precisamos ser justos: a cidade dos Emirados Árabes Unidos merece o título de paraíso da arquitetura high tech. Porém, isso nem de longe quer dizer que não possamos encontrar bons exemplos fora de lá.

Antes de mais nada, a pergunta mágica: você sabe exatamente o que é a arquitetura high tech? Bom, basicamente é uma corrente da arquitetura que prioriza a utilização do maior número possível de elementos e conceitos tecnológicos para atender às necessidades das pessoas.

Neste texto listamos cinco ótimos exemplos de arquitetura high tech para você.

1. Para não dizer que não falei de Dubai

Ok, vamos logo eliminar a bela Dubai desta lista, e em grande estilo. Afinal, escolhemos o maior arranha-céu do planeta para exemplificar o pode high tech da cidade. O Burj Khalifa, como é chamado, pode sugestivamente ser traduzido como Torre das Arábias. Mas não pense que ter quase 1 km de altura (são 826 metros) é o que de melhor podemos falar sobre ele. A torre magnífica pode, por exemplo, ser vista à 100 km de distância. 

É claro que mesmo os árabes demorariam um bom tempo para erguer um gigante como esse. Foram cinco anos de obras para tornar realidade os 163 andares desse todo poderoso. O prédio conta ainda com um andar inteiro para manutenção, pressurizado com ar-condicionado a cada 35 andares.

Diferente da maioria dos exemplos de arquitetura high tech, as estruturas internas do Burj Khalifa não saltam aos olhos de quem vê de fora, mas toda a sua construção e adaptações internas fazem dele um legítimo integrante do estilo.

Foto

Foto: Reprodução

2. O primeiro entre todos

O primeiro edifício High Tech do mundo é o Centro Georges Pompidou, em Paris. Foi construído entre 1971 e 1977, num projeto de Renzo Piano e Richard Rogers. A edificação reúne salas de cinema, biblioteca, espaço para shows e um dos maiores museus do planeta. Tudo com o máximo aproveitamento dos espaços, um dos pilares da arquitetura high tech.

O projeto pós-moderno tem linhas também do conceito arquitetônico brutalista e do espressionismo estrutural. Uma peculiaridade visível é que a edificação parece estar “nua”. Isto é, suas estruturas ficam propositalmente expostas. O público, por sua vez, pode ter uma visão “raio x” da construção.

arquitetura high tech

Centro Georges Pompidou, em Paris. Um edifício peculiar e que é vanguarda do conceito High Tech. Foto: Reprodução

3. A sede do poder londrino

A prefeitura da cidade de Londres pode ser definida em muitos adjetivos. Futurista é, inegavelmente, um deles. 

Num projeto que custou 43 milhões de libras, o chamado City Hall está à margem do rio Tâmisa, possui andares desnivelados e formato mais ou menos esférico. Feito em vidro e metal, o empreedimento pode reduzir  consideralvamente o consumo de energia.  Além disso, sua visão panorâmica favorece o céu de Londres. 

 

arquitetura high tech

4. A Hearst Tower

A história da Hearst Tower remonta à década de 1920, quando a primeira etapa de sua construção foi interrompida pela Grande Depressão de 1929. Como se pode imaginar, a construção nem de longe fazia parte de algo minimamente ligado à alta tecnologia. A nova torre, construída como extensão do edifício clássico, foi finalizada em 2004, e é considerada o primeiro edifício verde da cidade, com aproveitamento da água da chuva e piso pavimentado para condição térmica.

A Hearst Tower, primeiro arranha céu verde de Manhattan, Nova York.

A Hearst Tower, primeiro arranha-céu verde de Manhattan, Nova York.

Gostou de conhecer melhor a arquitetura high tech? Então continue explorando o mundo da tecnologia aplicada à construção civil com esse outro post aqui.

assine nossa newsletter

Receba antecipadamente oportunidades e lançamentos.