X

Venha conhecer o
seu próprio lounge no
Beverly Hills.

LIGAMOS
PARA VOCÊ

FALE COM UM
CONSULTOR

FALE via
whatsapp

JÁ EStÁ INDO EMBORA?

Não achou o que procurava? Deixe-nos ajudar a encontrar o
imóvel do seu sonho.

A KATZ liga para vocÊ

Nosso consultor entrará em contato

INFORME O SEU WHATSAPP
QUE ENTRAMOS EM CONTATO

Se preferir, entre em contato direto pelo aplicativo clicando no botão abaixo:

Blog

Fique por dentro do
mercado imobiliário

03

Com poucas paredes, lofts privilegiam a amplidão do espaço

Vem lá de Nova York a ideia de transformar espaços industriais sem utilização. Assim nasceu o loft, um estilo de morar contemporâneo que encanta, sobretudo, os solteiros

Integração parece ser a palavra-chave de um dos tipos mais contemporâneos de moradia: o loft. Com pouquíssimas paredes ou nenhuma, os projetos privilegiam a amplidão do espaço. Móveis, revestimentos e até elementos decorativos, como os tapetes, costumam fazer as vezes de divisórias.

Uma das principais características do loft é ter poucos ambientes, ausência de fechamentos, dois pavimentos (normalmente com um mezanino), integração total dos ambientes e pé-direito alto.

Não chega a ser difícil transformar um lugar tão amplo numa moradia acolhedora, com ambientes funcionais e bem definidos. “Acho que se torna mais fácil quando o arquiteto consegue compreender todas as necessidades e o estilo de vida do cliente, dando as devidas funções para cada espaço do loft”, explica a arquiteta Maria Fernanda Del’Isola.

 
 

Revestimento microcim foi usado no piso, na parede e no teto, além da cor preta na estrutura metálica da escada e da iluminação

Revestimento microcim foi usado no piso, na parede e no teto, além da cor preta na estrutura metálica da escada e da iluminação

 
 

Recentemente, ela concluiu um projeto para atender às necessidades de um homem solteiro extremamente inteligente e exigente. “O conceito desse projeto foi de ambiente limpo, despojado e minimalista.” Para a arquiteta, o mais desafiador no projeto foi conseguir concretizar o sonho do cliente, que trouxe a inspiração inicial do design industrial de locais visitados por ele anteriormente fora do país.

“Temos o revestimento microcim em piso, parede e teto. Além do microcim, foi muita usada a cor preta, como a estrutura metálica da escada e da iluminação, portas em microcim preto, marcenaria preto fosco, superfícies de quartzo nas bancadas dos banheiros também em preto. Um ponto interessante a acrescentar seria o emprego da arquitetura retrofit, não precisamos quebrar nada do apartamento. O microcim tem espessura de 2,5mm a 3mm e revestiu a cerâmica existente no piso, nos azulejos das paredes dos banheiros e na copa, além de revestir também a pintura do teto. Essa espessura garantiu o sumiço das juntas das cerâmicas existentes aparentando a uniformidade do material, e o melhor de tudo, sem trincas.”

 
 

Projeto da arquiteta Maria Fernanda Del'Isola: "O maior desafio era concretizar o sonho da cliente"

Projeto da arquiteta Maria Fernanda Del’Isola: “O maior desafio era concretizar o sonho da cliente”

 
 

Sem parede, mas com espaços delimitados

Veja os recursos disponíveis para dividir ambientes:

  • Pisos diferentes: a cozinha (integrada) é delimitada apenas pelo piso de granito. Na sala de estar e jantar foi usado outro piso de tábua corrida
  • O tapete: É um elemento muito importante para dividir os espaços integrados
  • O painel estofado: Além de ajudar na acústica do ambiente, delimita o espaço destinado à sala
  • Com móveis: a mesa de madeira maciça ajuda a separar a sala de jantar e a cozinha
  • Iluminação: o trabalho no gesso define a área da cozinha/jantar e a área da TV
  • No mezanino: o desnível do piso ajuda a separar o espaço de descanso do de trabalho
  •  
    Fonte: Lugar Certo/Estado de Minas

assine nossa newsletter

Receba antecipadamente oportunidades e lançamentos.